Rede Municipal de Educação de Guarulhos mostra evolução e aumenta nota do IDEB em 3,3%

0
16
Com a nota alcançada, o município de Guarulhos superou a meta projetada para o ano de 2017 de 5.8, e ultrapassou a meta prevista para 2019, que era de 6.1.

Muito trabalho, investimentos na formação de professores, criatividade, atividades diversas, novos programas e eficiência na grade curricular fizeram com que a Rede Municipal de Ensino de Guarulhos se destacasse na avaliação do IDEB – Índice de Desenvolvimento da Educação Básica – de 2017. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP), do Ministério da Educação (MEC), divulgou na segunda-feira (03) o resultado que apresentou a elevação da nota da cidade de 6.0 para 6.2, representando um aumento de 3,3% nos últimos dois anos.

Com a nota alcançada, o município de Guarulhos superou a meta projetada para o ano de 2017 de 5.8, e ultrapassou a meta prevista para 2019, que era de 6.1. Dessa maneira, a Rede Municipal se aproximou da meta de 2021, que é 6.3, consolidando a efetivação de um programa educacional transformador e de qualidade para todos.

De acordo com o secretário da Secel (Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer) João Carlos Pannocchia, as Escolas da Prefeitura têm muito que comemorar, sobretudo pelo esforço dos professores e de profissionais comprometidos com a aprendizagem das crianças.

“A elevação do IDEB só foi possível graças ao esforço e dedicação dos profissionais da Educação e de toda a equipe escolar no processo de aprendizagem. Gostaria de parabenizar e agradecer todos os educadores e os alunos de todas as nossas escolas”, comemora o secretário.

Para a diretora do DOEP (Departamento de Orientações Educacionais e Pedagógicas) Zenaide Clemente Evangelista Cobucci, o resultado do IDEB é o reflexo do desenvolvimento da aprendizagem dos alunos da Rede Municipal.

“Continuamos avançando, e isso, hoje, é o mais importante, ao compararmos os nossos resultados que estão equivalentes às melhores capitais e cidades para se viver. Isso de fato é o resultado de um trabalho em conjunto, mas é primordial lembrarmos que devemos tal resultado principalmente aos nossos professores, que com esforço e garra trabalham para garantir o direito de aprender de cada educando”, destaca.

Zenaide explica ainda que o papel do DOEP tem sido subsidiar e fortalecer esses profissionais com formações em hora-atividade, cursos do Cemead (Centro Municipal de Educação a Distância Maria Aparecida Contin) e presenciais, e o acompanhamento pedagógico e psicológico dos alunos realizados pelos técnicos da Secretaria.

O IDEB mede a qualidade de cada escola e de cada rede de ensino a partir do indicador calculado com base no desempenho do estudante em avaliações do INEP e em taxas de aprovação. O índice é medido a cada dois anos e o objetivo é que o país, a partir do alcance das metas municipais e estaduais, tenha nota 6, em 2021. Na Rede Municipal de Guarulhos, o IDEB avalia os 4ºs e 5ºs anos do Ensino Fundamental.

Outras ações também foram fundamentais para que a Rede Municipal de Guarulhos pudesse ultrapassar a meta projetada para 2017, como a implantação do Programa Educa Mais, a importante parceria com a Fundação Lemann, o Programa de Formação de Professores, entre outras.

IDEB

Criado em 2007, o IDEB é um sistema de indicadores do desenvolvimento do processo de ensino-aprendizagem do Brasil. Ele é muito importante, pois indica a necessidade de correção dos rumos das políticas públicas aplicadas na Educação, por meio da implantação de programas, ações e projetos desenvolvidos nas diferentes redes de ensino, estaduais e municipais.

De acordo com o Ministério da Educação, os resultados do IDEB 2017 para escola, município, unidade da federação, região e Brasil são calculados a partir do desempenho obtido pelos alunos que participaram da Prova Brasil/Saeb 2017 e das taxas de aprovação, verificadas com base nas informações prestadas ao Censo Escolar 2017.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here