Bolsonaro e Lula. Os dois querem ser adversários de novo em 2022.

0
32

Jair Bolsonaro, o presidente, está fixado em Lula. Já o citou várias vezes ao longo da semana mostrando que pretende ressuscitar o líder petista para colocá-lo como seu grande adversário na pretendida campanha para a reeleição em 2.022.

Lula parece estar gostando. E muito. Os dois acreditam que promover esta divisão entre os brasileiros é o que de melhor se apresenta para a disputa do poder.

Ou será que existe melhor adversário para o capitão da reserva do que Lula?

E para o ex-presidente, ou para quem ele escolher como poste, será que existe melhor adversário do que o desbocado, radical e extremista que ocupa o poder em Brasília?

Já ouvi o comentário de que só mesmo a aversão ao PT, chegando perto do ódio, pra fazer com que os brasileiros, na eleição passada, escolhessem votar no tal de Bolsonaro. Foram mais de 50 milhões.

O presidente que se elegeu, como visto, foi a única opção. Será que o dilema vai, de novo, aparecer? Será que agora o mesmo sentimento não poderá surgir com o sentido inverso? Esse cara é tão ruim, tão desastrado e inconsequente que não será melhor trazer o lulo-petismo de volta? Não havendo opção, quem diz que isso não poderá acontecer?

Lula pensa nisso o tempo todo. Sabe que, para ele, como em 2018, Bolsonaro é o melhor adversário. E, se naquela ocasião a direita levou a melhor, quem sabe a coisa mude agora? O fulano se revelou tão ruim, mas tão ruim, que qualquer coisa será melhor que ele. Até o PT.

De qualquer forma, as forças do centro, leia-se João Doria, Luciano Huck, (quem mais?), têm três anos para se apresentarem. Mas, pelo andar da carruagem, está difícil.

Em Guarulhos

Sempre ouvi dizer que a grandiosa cidade de Guarulhos é um retrato deste nosso Brasil. A escalada do PT no poder começou aqui, vocês se lembram. Elói Pietá foi pioneiro. Foi eleito, se reelegeu e depois conseguiu emplacar o sucessor na Prefeitura.

A eleição municipal está bem mais próxima, acontece este ano. E desta vez ninguém fala em Bolsonaro e seu time de seguidores. Aqui, o PSL que talvez pudesse exercer alguma influencia a partir do interesse do senador Major Olímpio, até agora não disse pra que veio. Estou pra dizer que ninguém aqui vai apelar para o bolsonarismo pra paquerar votos.

Resumo da ópera: para se opor ao lulo-petismo, só mesmo o atual ocupante do cargo na Prefeitura que praticamente já se lançou à reeleição. A não ser que até lá, uma forma mais à direita de Guti possa aparecer com chances. Quem sabe a afilhada de João Doria? Quem viver verá.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.