Professor de guitarra do Conservatório Municipal lança álbum de rock instrumental

0
27

Na próxima sexta-feira (27) Pedro Esteves, professor de guitarra do Conservatório Municipal de Guarulhos, lança o álbum Voo Livre, o segundo de sua carreira solo. O lançamento virtual do álbum acontece nas principais plataformas de streaming.

Com 10 faixas autorais e inéditas, Voo Livre extrapola a técnica excepcional e criatividade presentes em suas composições, seguindo a mesma linha instrumental do trabalho anterior. “O nome do disco reflete o momento profissional de minha carreira. Sinto-me mais livre para compor, experimentar e trazer outros elementos para as composições, com novidades e propostas mais maduras para trabalhar a música instrumental”, explica o professor.

Com mais de 20 anos de carreira, Pedro é conhecido mundialmente por seu trabalho com as bandas Liar Symphony e Hardshine, destacando-se como um dos melhores guitarristas de rock do país. Em 2017 Pedro lançou Novos Tempos, álbum marcado por inspirações pop.

Desde 2012 ele e o guitarrista Armando Leite atuam no projeto Guitar Fusion, oferecido pela Prefeitura no Conservatório Municipal de Guarulhos. A iniciativa explora diferentes estilos musicais, como rock, jazz e música brasileira, e se caracteriza como uma reunião de vários instrumentistas empenhados na execução de repertórios instrumentais.

“O Guitar Fusion é um curso muito interessante, específico para todas as vertentes do rock, algo até então inédito no país. Nesse grupo já conseguimos formar muita gente legal, profissionais que têm seu trabalho reconhecido e estão ganhando projeção no meio musical”.

Gravado, mixado e masterizado no estúdio Masterpiece por Pedro Esteves, o álbum Voo Livre contou com Leandro Fonseca como técnico de som auxiliar e tem a arte gráfica da capa criada por Felipe Serrano.

Grandes inspirações e parcerias

Além de So Far And So Close, da banda Hardshine, Pedro possui sete álbuns lançados com o Liar Symphony, dentre os quais CDs de estúdio, ao vivo e DVDs, celebrando 20 anos do primeiro álbum, Affair of Honour, lançado em 2000. Em 2018 Pedro também participou de um álbum do tecladista Yuri Fulone e, em 2019, do projeto Dead Man Walking, ao lado de Nuno Monteiro nos vocais, Fernando Tavares no contrabaixo e Anderson Alarça na bateria.

Joe Satriani, Andy Timmons e Steve Vai são alguns dos grandes guitarristas que influenciam Pedro. Como ele tem o rock em seu DNA, busca fazer uma música contagiante e cativante, que agrada até os mais resistentes ao instrumental.

Para o novo álbum, Pedro escolheu músicos de grande excelência, que trouxeram enorme satisfação a todo o processo de criação. Amigo de longa data, Anderson Alarça também é baterista das bandas Liar Symphony, Dead Man Walking e Hardshine. “Temos uma relação musical muito próxima, não faria sentido convidar alguém de fora para tocar comigo”. O baixista Wilson Fernandes também somou experiências sonoras diferenciadas ao trabalho. “Produzi o CD da banda do Wilson, chamada Gerizim, e fiquei impressionado com sua sonoridade, musicalidade e forma como toca o instrumento”.

Proprietário do Estúdio Masterpiece, em Guarulhos, há 16 anos, Pedro Esteves já produziu inúmeras bandas de rock locais e de outras cidades. “Tive a chance de trabalhar e conhecer artistas promissores e a grande oportunidade de participar da história de sucesso de muita gente, ajudando muitos no início e outros a consolidar sua carreira. Sinto-me abençoado por isso”.

De acordo com Pedro, não existe uma fórmula para o sucesso. “Há tantas bandas que acontecem ao acaso, por causa de um momento ou situação, mas uma coisa é imprescindível: ser profissional. Não é possível ser profissional pensando como amador, não existe espaço para o ‘mais ou menos’. Hoje em dia, o mercado é muito acirrado e o nível e qualidade das bandas é cada vez melhor, as pessoas estão mais preparadas, estudam mais, têm mais acesso às tecnologias e tudo isso reflete no resultado final”.

Em Guarulhos Pedro destaca os trabalhos de artistas como Yuri Fulone e bandas como Anarkhon, Gestos Grosseiros, Resistência Terminal, EvenDusk, entre outras que, segundo ele, têm trabalhos de grande qualidade e são formadas por músicos batalhadores.

Assessoria de imprensa: Carla Maio (11) 2475-7342

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.