Projeto revela narrativas que contam histórias de Guarulhos

0
40

Toda cidade é formada por grandes fatos e acontecimentos históricos. Quando reunidos, eles compõem narrativas que mostram a dimensão das características culturais e sociais que representam um povo. Pensando no registro, preservação e disseminação de histórias que a Prefeitura de Guarulhos apresenta o Projeto Vidas – Conte sua História de Guarulhos, documentários sobre a trajetória pessoal de munícipes.

Iniciativa da Secretaria de Cultura, a realização dos documentários foi idealizada pela equipe do Arquivo Histórico Municipal, com imagens e edição de André Okuma e entrevistas de Araci Borges. Para o secretário de Cultura, Vitor Souza, a reunião de registros sobre aspectos importantes da história do município permite a obtenção de um rico acervo, que facilita a pesquisa e mostra olhares bastante particulares sobre os fatos.

“Esta é uma ação extremamente importante para que a cidade de Guarulhos conheça a sua história através da narrativa do guarulhense. Essas pequenas histórias, quando somadas, criam a riqueza cultural da cidade”, comemorou o secretário.

Os dois primeiros documentários, de uma coleção de vinte trabalhos previstos na execução do Projeto Vidas, já se encontram disponíveis no canal oficial da Prefeitura de Guarulhos no YouTube.

Os entrevistados

Um dos documentários apresenta Sueli Funk, moradora do bairro de Vila Galvão, de origem ítalo-portuguesa e que se mudou com a família para a cidade nos anos 1960. Em seu relato, Sueli destaca o crescimento do bairro, fala do trecho da Estrada de Ferro Cantareira que circulou pela região até 1965 e se lembra com bastante exatidão das brincadeiras e da liberdade que ela e as outras crianças tinham. Para conferir o documentário acessehttps://www.youtube.com/watch?v=chY02D_caV8.

De origem italiana, a família de Fernando Canto Berzaghi, professor e advogado, membro da Academia Guarulhense de Letras, mudou-se para a cidade no final dos anos 1940. Fernando fala da instalação das primeiras indústrias no município e lembra com grande satisfação das instituições de ensino que havia e ainda existem na cidade, segundo ele, de grande importância no momento da escolha de sua profissão. Assista a esse documentário por meio do link https://www.youtube.com/watch?v=UFkN4PXv34c&feature=youtu.be.

De acordo com Araci Borges, responsável pelo Arquivo Histórico, a crença no poder das histórias é a razão do Projeto Vidas. “Acredito que valorizar a diversidade cultural e a história de cada pessoa no lugar onde ela se desenvolveu é contribuir para a construção de uma cultura de paz. Com esse projeto, desejamos transformar as histórias de vida em fonte de conhecimento, compreensão e conexão entre as pessoas e sua cidade”, observa Araci.

Por sua vez, André Okuma esclarece que, com o Projeto Vidas, toda pessoa pode também tornar-se parte do acervo ao registrar a história da sua vida. “Esta é também uma oportunidade para as pessoas se tornarem curadoras do projeto, na medida em que podem criar suas próprias coleções de histórias, imagens e vídeos”, explica Okuma, enfatizando que cada uma das entrevistas tem cerca de 30 minutos.

Caso tenha interesse em contar uma história que se relacione com o percurso da cidade, entre em contato com a equipe do Arquivo Histórico Municipal de Guarulhos pelo telefone 2409-1600, de segunda a sábado, das 8h às 17h.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.