14.1 C
Guarulhos
sábado, junho 22, 2024

Buy now

Vedacit Vôlei Guarulhos enfrentará o São José, sexta-feira, dia 17, 18h45, na Ponte Grande

Portões do Ginásio serão abertos às 16h30 para a cerimônia de fixação do painel dos campeões paulistas 2023

Pela segunda rodada da Superliga Masculina Bet7K, o Vedacit Vôlei Guarulhos fará o primeiro jogo em casa, nesta sexta, dia 17, às 18h45, contra o Farma Conde São José, no Ginásio da Ponte Grande. A partida será transmitida pelo canal Sportv.

Os torcedores terão acesso a partir das 16h45 e poderão assistir a colocação do painel que insere a lista dos jogadores que conquistaram o título de Campeão do Campeonato Paulista 2023, o primeiro troféu dourado do time formado em 2018, pelo jornalista e gestor esportivo, Anderson Marsili, presidente da Associação Social e Esportiva Índios Guaru, gestor do time de vôlei.

“É orgulho eternizar o nome dos atletas que nos ajudaram a ganhar o primeiro título como o melhor da elite do campeonato estadual. É também uma promessa que eu fiz para o nosso time de que se conquistássemos o título eu ergueria um painel para que o nome deles entrasse para a história do clube”, disse Marsili.

Este é o segundo painel que vai estampar as paredes do Ginásio da Ponte Grande, já que em 2020, quando estrearam na Superliga A foi fixado o primeiro painel. “Faço questão de incluir todos os nomes que fazem parte das nossas conquistas desde jogadores, comissão técnica, diretoria e assessores, porque sem eles não haveria a nossa história”, concluiu o presidente esportivo do VVG.

O Vedacit Vôlei Guarulhos fez sua estreia na temporada 2023/2024 da Superliga, no sábado, dia 11 de novembro, contra o Suzano, na Arena Suzano, mas o adversário levou a melhor, vencendo a equipe guarulhense por 3 sets a 2. Mesmo com o resultado o time, comando por Nery Tambeiro, conquistou um ponto.

O time 2023-2024

Leonardo Lukas de Oliveira Leodolter, camisa 1, Leo Lukas, 21 anos, 2,00m (Oposto); Filipe Stolberg Teixeira de Carvalho Barboza, camisa 2, Filipinho, 31 anos, 1,73m (Libero); Franco William Cargnin Paese, camisa 4, Franco, 33 anos, 2,01m (Oposto); Sandro Barbalho de Carvalho, camisa 5, Sandro, 42 anos, 1,87m (Levantador); Everaldo Lucena, camisa 7, Everaldo, 38 anos, 1,94m (Levantador); Willian Gabriel Doardo, camisa 8, Willian, 26 anos, 1,96m (Ponta); Renato Russomanno dos Santos, camisa 9, Renato, 40 anos, 1,96m, (Ponta); Victor Babugia Araujo, camisa 10, Babu, 27 anos 2,02m, (Central); Gabriel Bertolini, camisa 11, Bertolini, 26 anos, 2,03m (Central); Matheus Alejandro Hoffmann da Cunda, camisa 12, Alejandro, 30 anos, 2,07m (Central); Lucaian Fernandes Pereira, camisa 16, Lucaian, 27 anos, 1,92m (Ponta); Matheus Celestino, Celestino, 25 anos 1,95m (Ponta).

Sobre o Vedacit Vôlei Guarulhos – @voleiguarulhos

A equipe profissional de vôlei masculino Vedacit Vôlei Guarulhos foi formada em 2018, como parte dos projetos de gestão esportiva do jornalista Anderson Marsili, o Presidente Esportivo do time e Diretor-presidente da Associação Social Esportiva Índios Guaru. A sede da equipe é a cidade de Guarulhos, Grande São Paulo, que tem aproximadamente 1,4 milhão de habitantes. A base de treinamento é o Ginásio da Ponte Grande (Estádio Municipal Arnaldo José Celeste). O VVG foi Campeão da Superliga C – 2019; Campeão da Superliga B – 2020; 9o. lugar da Superliga Banco do Brasil – 2021; Vice-Campeão Paulista – 2021; Semifinalista da Copa Brasil de Vôlei 2022 e da Superliga Masculina 2021-2022; Semifinalista do Campeonato Paulista 2022 e segundo colocado da fase classificatória da Superliga 2022-2023, eliminado nas quartas de final.

O Vedacit Vôlei Guarulhos trabalha com categorias de base Sub 19 e Sub 21, visando fortalecer o desenvolvimento da modalidade na cidade e no Brasil.

Na área social mantém o Projeto Vôlei do Bem com ações beneficentes e educativas com as comunidades em situação de vulnerabilidade nas periferias da cidade de Guarulhos, beneficiando especialmente jovens e suas famílias.

Diversidade na prática – A missão de valorizar a diversidade humana e apoiar campanhas de conscientização, sustentabilidade e justiça social, tem se transformado em práticas de dentro para fora das quadras. O VVG participou ativamente e apoiou campanhas de segurança sanitária para o enfrentamento à pandemia do coronavírus e incentivou a vacinação em massa de adultos e crianças contra a covid-19, em Guarulhos.

O plano de Comunicação também contempla campanhas de grande alcance como Setembro Amarelo, Outubro Rosa, Novembro Azul e do Dia da Consciência Negra, que não se limita apenas em vestir os jogadores com cores diferenciadas. Jogadores e equipe técnica participam de diálogos, palestras e são motivados a usarem suas redes sociais para disseminar as ações afirmativas do projeto.

O time está totalmente engajado na questão de igualdade racial e de gênero. Apesar de ser um time da categoria Masculina, muitas mulheres atuam na gestão do projeto e garantem um ambiente onde a equidade é levada a sério.

Não é por acaso que o time usa o grito de guerra “vai flecha”. A frase remete às origens indígenas da etnia Índios Guaru, os primeiros habitantes da região, que se transformou no Município de Guarulhos, o segundo maior do Estado de São Paulo.

Atualmente o time mantém parceria com a comunidade multiétnica Filhos Dessa Terra, localizada no Portal dos Gramados. Uma das moradoras da aldeia é a técnica de enfermagem e assistente social Vanuza Kaimbé, de 50 anos, primeira indígena a ser vacinada contra a Covid-19, no Estado de São Paulo.

Em setembro de 2021 assinou convênio com a Prefeitura da Cidade de Guarulhos para implantação do trabalho de aprimoramento das categorias de base masculino e feminino (Sub 13, Sub 15 e Sub 17), categoria 50+ com Vôlei Adaptado e capacitação de profissionais de Educação Física da rede municipal. O projeto possibilitará a expansão das atividades sociais e esportivas, tendo como objetivo a transformação e desenvolvimento de crianças e adolescentes por meio do voleibol.

A partir de janeiro de 2022, estreou o Projeto Flechinhas em convênio com o Governo do Estado de São Paulo, com objetivo de oferecer atividades de iniciação esportiva, com foco na modalidade do voleibol, para crianças e adolescentes oriundas de comunidades em situação de vulnerabilidade social de Guarulhos, especialmente no contraturno escolar. O plano de trabalho também visa fortalecer a implantação de políticas públicas na cidade, ampliando a atuação do Vedacit Vôlei Guarulhos que já mantém, além da equipe adulta masculina.

O Projeto Flechinhas beneficia mais de 300 crianças e adolescentes, que são atendidas na sede do time, o Ginásio da Ponte Grande – Av. Domingos Fanganielo, 315/317, Vila Melliani, Guarulhos (SP).

Related Articles

- Publicidade -

Últimas Notícias